01/01/13

Pride and Prejudice - um filme encantador.

Alguns personagens conseguem me envolver com tanta intensidade que despertam um inexplicável sentimento de encanto. Quando o filme termina, fico meio "no ar", quase que em um mundo paralelo, revendo cenas e digerindo sensações boas que fui sentindo ao longo da história. Esta "paixão instantânea" não tem nada a haver com o aspecto do ator,porte físico ou sua beleza, mas sim com toda a força e personalidade do personagem dentro da trama que ele desenvolve.


Recentemente isso me aconteceu assistindo "Pride and Prejudice" (Orgulho e Preconceito), filme produzido em 2005. O ator Matthew Macfadyen interpreta e caracteriza de forma brilhante Mr. Darcy, um homem sério, de olhar quase triste, que se faz parecer orgulhoso e pedante por ser de família nobre. Aos poucos, ele vai se revelando um homem justo, dócil, amável e finalmente muito apaixonado.

O filme teve três indicações ao Oscar, incluindo a primeira de Keira Knightley como melhor atriz. O figurino e a trilha sonora são notáveis.
O curioso é que a versão que assisti na TV era a inglesa, o filme termina de forma brusca e sem aquele tão esperado beijo. Confesso que fiquei frustrada, coisa de eterna romântica. Mas, no dia seguinte, pesquisando sobre o filme na internet
(santa internet...), me surpreendi ao saber que existe outra versão produzida para atender aos que adoram um "happy ending". A versão exibida para os americanos tem alguns minutos a mais para cumprir com a missão de agradar a todos os gostos.
Também notei que eu não sou uma exceção à regra. Tanto o seriado de 1995 (interpretado por Colin Firth e Jennifer Ehle) como o filme de 2005 são muito apreciados e já despertaram muitas paixões pelo personagem "Mr Darcy".
Não consigo desvendar qual é o segredo do magnetismo que ele exerce sobre as mulheres, mas posso recomendar a todas as românticas inveteradas: vale a pena ver o filme. Não é um drama, nem uma comédia. É um filme leve, gostoso e bom pra ver comendo pipoca...



A foto ao lado é o beijo que você pode não ver, já que está disponível somente na versão americana. Mas, não se aflija, você sempre poderá matar sua vontade e ver a segunda opção de final no YouTube. Anote estes endereços:

Site oficial (movie):
Pride and Prejudice



Blog maravilhoso, com fotos, informações sobre os atores e notícias: Pride and Prejudice Blog

Fotos mais fotos e mais fotos...:
The Darcy Saga
All Movie Photo

No Youtube:
Trailer legendado
Final alternativo
A cena do amanhecer - uma das mais lindas.

Outras postagens similares:
Alma Bionica








02/11/11

Quem é você?




Alguma vez você já se perguntou: "quem sou eu?" ou "o que estou fazendo aqui?" ou "E agora? Pra onde eu vou?"

Algumas vezes, na rua ou em um lugar público, eu já me vi filosofando com o seguinte pensamento: "Tanta gente e olha eu aqui! Eu, com meus pensamentos, desejos, tristezas e alegrias. E por mais que eu compartilhe minha vida com as pessoas que conheço ou as que amo, ninguém pode ocupar o meu lugar. Ele é pessoal, único e intransferível!!"

Vivemos o dia a dia e podemos nem perceber qual é a nossa verdadeira missão, mesmo que já a estejamos cumprindo... Respostas... O melhor é não se torturar atrás delas, esquecendo o principal que é viver!

O fato de sermos únicos (e todos somos!) deve ser uma motivação para o auto investimento. Se nasci nota 5, por que me conformar em vez de tentar me tornar nota 10? Mas esta é uma decisão individual. Você pode passar a vida toda sendo a mesmice, ou pode decidir ser cada vez melhor. Reconhecendo os próprios defeitos e tratando de lixar as rebarbas e aparar as pontas da sua personalidade e melhorando o modo como que se relaciona com as outras pessoas. Ninguém pode fazer isso por você.
Não é fácil, mas é possível. As pessoas deviam parar de apontar o dedo para os defeitos dos outros e deixar de criticar a vida alheia. Sobra mais tempo para mergulhar nas próprias falhas para tentar corrigi-las. Ah, o mundo seria bem diferente...
Para encerrar este papo filosófico e em resposta a pergunta "Quem é você?" , eu me atrevo a responder em seu lugar. Não se zangue...


Você é quem e aquilo que deseja ser, pois mesmo sendo um grãozinho de areia neste imenso mundão com 7 bilhões de pessoas, Você é dono da sua vida e infinitamente único e especial.

Que isto seja seu maior incentivo para encontrar o caminho da felicidade!



Vídeo Philip Scott Johnson


04/04/11

Intimação - Ministério Público Federal - delete!

Você recebeu um e-mail com este texto? Levou um susto, não é?




Mesmo assim, não arrisque, nem ceda a curiosidade. Nunca clique em links de mensagens duvidosas. Verifique se conhece o remetente, pesquise o título da mensagem no Google, mas não clique no link.
"Eles" tentam de tudo para fazer você clicar e desta forma infectar seu computador para roubar suas senhas, etc.

A resposta para este e-mail é este abaixo e está no site do Ministério Público Federal:


http://www.pgr.mpf.gov.br/

Vou ler em voz alta:
"Cuidado com e-mails falsos! O MPF não envia e-mail para intimar ou notificar o uso fraudulento do CPF. Esse tipo de mensagem invade o computador do usuário e pega dados como senhas bancárias e de cartões de crédito. Apague-as imediatamente."

Ou seja, nenhuma notificação, mesmo intimação, não é feita por e-mail. Recado dado. Duro é aguentar uma média de três e-mails deste tipo por semana...

12/03/11

Quando nossos filhos tornam-se Filhos do Mundo

Um dia o desejo brota. Não sei de onde vem essa vontade de embalar um bebê. Corremos atrás do sonho até que se torne realidade.

Seja do próprio ventre, seja do coração, um filho e traz um encantamento. Um pequeno revolucionário que nos transforma em anjos da guarda. Obtém da nossa alma o amor mais sincero e incondicional. É tanto amor que parece não caber... Vestimos o manto da responsabilidade, despertando temores e cuidados nunca observados antes. Aflora a auto preservação necessária para garantir a própria existência em função de outra.

Os anos passam e, num piscar de olhos, o bebê indefeso cresce e se transforma em projeto de adulto. Por vezes, até esquecemos de nos preparar para a chegada deste momento. O coração fica apertado quando o filho começa a questionar nosso comando, e observamos uma distância sutil tomar o lugar de uma cumplicidade plena. Ele se afasta pouco a pouco, embora o coração de mãe permaneça imóvel, intacto e intocável.

É a lei da vida. Quando chega a hora é melhor aceitar, abrir as portas e libertá-los sem relutar.
É entregá-los à selva confiantes de que serão capazes de colocar em prática tudo aquilo que ensinamos. Mas continuaremos a zelar de forma dissimulada. Parte do que somos estará sempre com eles, assim como eles estão sempre em nossas orações. Passamos a ser espectadoras do que antes estava sob nosso comando, com os braços sempre abertos para acolher, amar, proteger e acarinhar quando for solicitado.

Quando nossos filhos tornam-se filhos do Mundo, substituímos fraldas e mamadeiras por abraços e conforto. Seguirão nas sementes que continuam gerando frutos numa árvore infinita de gerações. E nós observamos satisfeitas, desfilando sorrisos de Monalisa. Esta é a recompensa. Invisível, aos olhos, mas tão intensa como um Universo chamado Amor.



08/11/10

O Pequeno Príncipe

Em 1975, eu cursava a oitava série. Certo dia, minha professora de português, Dona Magda, comunicou que faríamos a leitura de um livro em sala de aula. Sua grande inspiração foi escolher "O Pequeno Príncipe". E graças a ela, eu conheci esta obra de grande valor. Durante várias semanas, líamos em voz alta um dos capítulos para, em seguida, interpretar o que estava escondido nas entrelinhas. Todas as alunas podiam opinar. Foi uma experiência muito positiva.

Pode parecer para alguns que Antoine de Saint-Exupéry escreveu um livro infantil. Mas quem sabe foi a forma mais sutil que encontrou de abordar algumas verdades do comportamento humano. Basta ler com atenção, usando os olhos da compreensão, para entender as verdades nas metáforas de um livro puro e delicado.















Frases como "O essencial é invisível aos olhos" e "Tu te tornas
eternamente responsável por aquilo que cativas" são uma amostra das pérolas escondidas na leitura fácil com ilustrações infantis.

Há anos tenho meu exemplar guardado com muito carinho. Guardo com ele a lembrança de uma professora que soube como incentivar a leitura de uma forma criativa e agradável. Bom seria se seu exemplo fosse seguido em todas as escolas.
Se você não tem o livro, aproveite esta ideia. Ele está disponível na internet, inclusive com as ilustrações originais, pela tradução de . Chame seus filhos e faça a leitura e interpretação com eles. Será um momento de integração muito proveitoso!

Sites: O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exúpery. Tradução de Vinna Mara Fonseca
ou
O Pequeno Príncipe - Scribd



23/07/10

Vacina contra o câncer

Recebi um e-mail com este texto:


Eu realmente adoraria que esta notícia fosse totalmente e infinitamente verdadeira. Mas, apesar de ter se alastrado pela internet, inclusive fornecendo um site que não existe (www.vacinacontraocancer.com.br), eu temo ser mais uma pulha virtual ou uma "quase verdade"...

Encontrei uma resposta do Hospital Sírio-Libanês, aqui parcialmente copiada:


"Nota de esclarecimento sobre vacina contra o câncer Em razão da notícia que está circulando na Internet, a respeito de uma vacina para tratamento de pacientes com câncer, o Hospital Sírio-Libanês apresenta os seguintes esclarecimentos:

Nunca houve qualquer relacionamento comercial entre o HSL, ou qualquer médico do Centro de Oncologia, e a empresa que está comercializando esta vacina.

O HSL, seguindo sua vocação para o desenvolvimento de novas terapias, ..."

Leia o texto na íntegra neste link: http://www.hospitalsiriolibanes.org.br


E, vale a pena ler também :
http://ademircosta.blogspot.com

Note que a postagem "O que há de verdade sobre a vacina contra o câncer" - no blog de Ademir Costa é de 10 de fevereiro de 2008!

Convém ressaltar que não fiz nenhuma pesquisa dos possíveis avanços com relação a vacina de lá para cá e também não liguei para o 0800. Eu só não aceito repassar informações desta espécie que envolvem questões sérias de saúde, sem que tenham fundamento comprovado.

Em meu blog "Anota que é legal", você pode conhecer alguns tratamentos alternativos contra o Câncer.
Para ler, entre no link:
anotaqueelegal.blogspot.com

01/07/10

Terence Hill - meu nome é Trinity

Na década de 70, este italiano roubou meu coração. Seus olhos azuis e a irreverência do personagem Trinity me arrancaram suspiros. Eu realmente virei sua fã. E o mais interessante é que ele aparecia sujo e mal vestido. Mas, diga-se de passagem, trata-se de um homem com traços muito bonitos.
Mario Girotti nasceu em 29 de Março de 1939, em Veneza (Itália). Como Terence Hill estrelou vários filmes, muitos com seu companheiro de sucesso Bud Spencer.


Trinity
era uma mistura de Faroeste com comédia e pastelão. Uma dupla de valentões que distribuíam mais tapas e socos do que balas de revólver. Você pode encontrar vários vídeos no YouTube com cenas dos filmes. Muito divertido.


Então, veio a pergunta: por onde andará Terence Hill?

Então, matando a curiosidade cá está uma fotografia mais recente.


E
você pode encontrá-lo em seu site pessoal: (clique nas imagem ao lado):





Para alegrar, um vídeo de Trinity, pedacinho de um dos filmes só para dar vontade de ver mais...